CFOP: entenda do que se trata

Entenda O Que E A Cfop E Como Ela Funciona Blog 1 - E-Cont Gestão em Contabilidade
Esclareça suas dúvidas sobre o que é e como funciona o CFOP e mantenha seu negócio distante de problemas fiscais

Compartilhe nas redes!

Entenda o que é a CFOP e qual a relevância para a sua empresa!

Esclareça suas dúvidas sobre o que é e como funciona o CFOP e mantenha seu negócio distante de problemas fiscais

A conformidade de um negócio depende de diversos fatores que precisam estar em dia da forma adequada para que tudo funcione perfeitamente. 

Garantir isso é o grande desafio de todos os gestores, que precisam encontrar os melhores meios de ter processos que garantam a excelência do funcionamento dos seus negócios.

Ter o conhecimento adequado sobre os aspectos que impactam o desempenho e a conformidade da sua empresa é algo fundamental para isso, portanto preparamos este conteúdo para esclarecer suas dúvidas sobre o CFOP.

Assim, ao longo dos próximos parágrafos, vamos falar sobre o que se trata, como funciona e de que forma impacta a sua empresa.

CFOP: afinal, o que é e como funciona?

Para começar, vamos contextualizar o que é  o CFOP. 

Sigla para Código Fiscal de Operações e Prestações, trata-se de uma tabela composta por códigos que são responsáveis por identificar uma determinada operação por categorias no momento da emissão da nota fiscal.

Ou seja, o CFOP está diretamente relacionado às notas fiscais que sua empresa emite e funciona como uma definição da operação realizada. 

Dessa forma, o Código Fiscal de Operações e Prestações impacta aspectos como:

  • Tributação; 
  • Informações para o Fisco;
  • Documentos fiscais; entre outros. 

Logo, trata-se de algo importante para as questões fiscais e, consequentemente, para a conformidade do seu negócio. 

Tabela CFOP

Agora que já apresentamos o panorama geral do que é e como funciona, vamos falar sobre a tabela CFOP em si e como funciona.

A lista da tabela é publicada pelo governo, sendo que são muitos os códigos. 

Os códigos se dividem em entradas e em saídas que são identificados pelo primeiro dígito, conforme vamos evidenciar a seguir.

CFOP de entrada 

Quando se trata dos códigos de entrada, a tabela funciona da seguinte forma:

  • Primeiro dígito 1: refere-se à entrada e/ou a aquisições de serviços do estado, válido para quando quem envia e quem recebe estão no mesmo estado;
  • Primeiro dígito 2: refere-se à entrada e/ou a aquisições de serviços de outros estados, válido para quando há diferenças de estados entre quem envia e quem recebe os produtos ou os serviços;
  • Primeiro dígito 3: refere-se à entrada e/ou a aquisições de serviços do exterior, sendo usado quando a empresa contrata serviços ou quando compra produtos de outros países.

CFOP de saída

Já quando se trata dos códigos de saída, a tabela funciona da seguinte forma:

  • Primeiro dígito 5: refere-se às saídas ou a prestações de serviços para o estado, mas quem emite a nota também é quem envia o produto ou quem presta o serviço para uma pessoa dentro do mesmo estado;
  • Primeiro dígito 6: refere-se às saídas ou a prestações de serviços para outros estados, contudo quem emite o documento está prestando serviços ou enviando produtos para uma pessoa de outro estado;
  • Primeiro dígito 7: refere-se às saídas ou a prestações de serviços para o exterior quando a empresa que emite a nota destina seu produto ou seu serviço ao exterior.

Mantenha seu negócio distante de problemas fiscais!

A fim de garantir que a conformidade do seu negócio com todas as questões fiscais esteja em dia, ter o suporte de especialistas é fundamental. 

Portanto, basta entrar em contato conosco para esclarecer quaisquer dúvidas que tenham restado e contar com uma equipe preparada para atuar como sua aliada.

Fonte: Abrir Empresa Simples

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Simplificando O Sped Para Empresas De Importação Guia Prático E Essencial - E-Cont Gestão em Contabilidade

Guia Completo de SPED para Empresas de Importação

SPED para empresas de importação: Guia essencial para otimizar processos e garantir conformidade fiscal Descubra como simplificar o SPED pode transformar a gestão tributária da sua empresa de importação, garantindo conformidade fiscal e reduzindo riscos com soluções personalizadas. Implementar o

Desvendando Os Regimes Aduaneiros Especiais. Guia Completo Para Empresas De Importação (1) - E-Cont Gestão em Contabilidade

Regimes Aduaneiros Especiais: Guia para Importadores

Regimes Aduaneiros Especiais: Guia completo para empresas de importação otimizarem seus processos Descubra como os regimes aduaneiros especiais podem transformar os processos de importação da sua empresa, garantindo eficiência e legalidade com apoio especializado. Empresas de importação frequentemente se deparam

Por Que Muitas Empresas Falham Antes Mesmo De Começar — E Como Você Pode Evitar Esse Erro (1) - E-Cont Gestão em Contabilidade

Planejamento financeira para empresas: O guia completo

Planejamento financeiro para empresas: a chave para evitar falhas no negócio Descubra como um planejamento financeiro eficaz pode proteger sua empresa das armadilhas comuns que levam ao fracasso prematuro. Você sabia que, por não ter um planejamento financeiro para empresas,

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Confira 5 dicas valiosas de como lidar com o endividamento…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top