Qual a diferença entre PIS e COFINS cumulativo e não cumulativo? Descubra!

Conheca Os Tributos Pis E Cofins Cumulativo E Nao Cumlativo A Diferenca E O Impacto Para Oseu Negocio Blog - Quero montar uma empresa

Compartilhe nas redes!

Tudo o que você precisa saber sobre o PIS e a COFINS cumulativos e não cumulativos

Tire suas dúvidas sobre o PIS e a COFINS cumulativos e não cumulativos

A complexa tributação brasileira ainda causa muitas dúvidas aos contribuintes em relação ao recolhimento dos tributos e às suas particularidades.

Uma dúvida muito comum é em relação ao PIS e à COFINS cumulativos e não cumulativos. Afinal, quais são as diferenças entre eles? Como eles funcionam? Qual a opção mais vantajosa para a sua empresa?

No artigo de hoje, vamos esclarecer todas as suas dúvidas sobre o tema.

Confira!

O que são o PIS e a COFINS?

Antes de entendermos as diferenças entre o PIS e a COFINS cumulativos e não cumulativos, é importante esclarecer o que são esses dois tributos. 

PIS é a sigla para Programa de Integração Social e se trata de um imposto de contribuição social. Dessa forma, os valores arrecadados com o pagamento desse imposto são direcionados para o pagamento de benefícios, como:

  • Seguro-desemprego;
  • Abonos; e
  • Participação nos lucros da empresa.

Ou seja, todo o valor arrecadado com o PIS é revertido para o colaborador. Desse modo, todas as empresas brasileiras possuem a obrigação de recolher o PIS, até mesmo os órgãos governamentais, sendo esses valores cobrados sobre o faturamento, a importação e a folha de pagamento.

Vale ressaltar que, para as entidades públicas, esse imposto recebe o nome de PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público).

A COFINS, por sua vez, significa Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social e é destinada ao financiamento de programas de seguridade social, como a previdência social.

Com exceção das microempresas e empresas de pequeno porte enquadradas no Simples Nacional, todas as empresas possuem obrigação de recolher a COFINS, até mesmo as pessoas a elas equiparadas pela legislação do Imposto de Renda.

Por fim, vale ressaltar que a COFINS é cobrada sobre o faturamento e importação.

Qual a diferença entre PIS e COFINS cumulativos e não cumulativos?

Agora que você já possui o claro entendimento dos conceitos de PIS e COFINS, podemos entender as diferenças entre o PIS e a COFINS cumulativos e não cumulativos. Veja a seguir!

  • PIS e COFINS cumulativos

O PIS e a COFINS cumulativos significam que a incidência desses tributos sempre ocorrerá quando houver uma venda, mesmo nos casos em que o produto já tenha sido tributado em outras etapas.

Podemos utilizar como exemplo o segmento atacadista e varejista. Quando o atacadista realiza a compra dos produtos do fabricante, haverá a cobrança do PIS e da COFINS. Entretanto, quando o atacadista realizar a venda desses produtos para o varejista, haverá uma nova cobrança desses tributos.

Vale ressaltar, por fim, que as empresas enquadradas no Lucro Presumido são obrigadas a aderirem à tributação de impostos cumulativos.

  • PIS e COFINS não cumulativos

O PIS e a COFINS não cumulativos, por sua vez, indicam a existência de créditos para abatimento de transações comerciais anteriores. Esses créditos são descontados do valor pago ao governo.

Conte com o nosso suporte contábil especializado para escolher a opção mais vantajosa para a sua empresa!

Para saber se a sua empresa pode ou não optar pelo formato não cumulativo, bem como para identificar a melhor forma de tributação para a sua empresa, é fundamental contar com o suporte de especialistas contábeis.

Nesse sentido, saiba que dispomos de um time de profissionais altamente experientes, capacitados e com a expertise necessária para prestar o suporte de que a sua empresa precisa.

Então, não perca mais tempo e nos envie uma mensagem agora mesmo a fim de que possamos conversar sobre as suas necessidades e sobre como podemos ajudar você!

Fonte: Abrir empresa simples

CONTE COM O SUPORTE CONTÁBIL IDEAL PARA O SEU NEGÓCIO!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Simplificando O Sped Para Empresas De Importação Guia Prático E Essencial - E-Cont Gestão em Contabilidade

Guia Completo de SPED para Empresas de Importação

SPED para empresas de importação: Guia essencial para otimizar processos e garantir conformidade fiscal Descubra como simplificar o SPED pode transformar a gestão tributária da sua empresa de importação, garantindo conformidade fiscal e reduzindo riscos com soluções personalizadas. Implementar o

Desvendando Os Regimes Aduaneiros Especiais. Guia Completo Para Empresas De Importação (1) - E-Cont Gestão em Contabilidade

Regimes Aduaneiros Especiais: Guia para Importadores

Regimes Aduaneiros Especiais: Guia completo para empresas de importação otimizarem seus processos Descubra como os regimes aduaneiros especiais podem transformar os processos de importação da sua empresa, garantindo eficiência e legalidade com apoio especializado. Empresas de importação frequentemente se deparam

Por Que Muitas Empresas Falham Antes Mesmo De Começar — E Como Você Pode Evitar Esse Erro (1) - E-Cont Gestão em Contabilidade

Planejamento financeira para empresas: O guia completo

Planejamento financeiro para empresas: a chave para evitar falhas no negócio Descubra como um planejamento financeiro eficaz pode proteger sua empresa das armadilhas comuns que levam ao fracasso prematuro. Você sabia que, por não ter um planejamento financeiro para empresas,

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Passo a passo de como começar um negócio do zero…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top